terça-feira, 30 de maio de 2017

Jerusalém terá teleférico até o Muro das Lamentações

29/05/2017 - O Globo

Construção sai de estação de trem e vai até Muro Ocidental

Muro Ocidental em Jerusalém - Divulgação

RIO - RIO - O governo de Jerusalém anunciou a construção de um teleférico ligando o Muro Ocidental (onde fica o Muro das Lamentações) até a estação de trem First Station, atualmente um complexo de entretenimento. Segundo o jornal World Israel News, inicialmente serão quatro paradas: Praça David Remez, Abu Tor, Monte Sião e o Dung Gate, em uma rota de 1,4km.

Turistas visitam o topo da fortaleza de Masada, em Jerusalém. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, discursará no local em sua primeira visita em Israel desde tomou posse em Janeiro. FOTOGALERIAConheça a Fortaleza de Massada, em Israel, onde Trump poderá discursar

Público aguarda para entrar na Edícula reformada na Igreja do Santo Sepulcro de JerusalémOs caminhos para chegar ao Santo Sepulcro, em Jerusalém

O teleférico, que vai começar a operar em 2021, transportará até 10 passageiros em cada uma das suas 40 cabines, viajando em velocidade de até 21km por hora.

Novas estações estão nos planos e, quando construídas, diz a publicação, deverão chegar ao Jardim do Getsêmani e ao Monte das Oliveiras. O teleférico será importante pois vai oferecer uma forma mais simples de acessar o Muro das Lamentações, atualmente feito por rotas estreitas, sinuosas e muito lotadas, dizem especialistas consultados pelo site do World Israel News. Cerca de 130 mil visitantes chegam ao local semanalmente.

"O futuro teleférico vai mudar a face de Jerusalém, permitir o acesso fácil e conveniente para os turistas e visitantes ao Muro das Lamentações e servirá como uma atração turística excepcional", afirmou Yariv Levin, do Ministério do Turismo de Israel ao jornal.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/boa-viagem/jerusalem-tera-teleferico-ate-muro-das-lamentacoes-21408857#ixzz4iaDaYEKB 
stest 

sábado, 27 de maio de 2017

Primeiro elétrico transfronteiriço francês em funcionamento

25/05/2017 - Auto Monitor


Ligação por VLT entre Estrasburgo (França) - Kehl (Alemanha) é reestabelecida após 72 anos

Há uma nova ligação entre o centro da cidade de Estrasburgo, na França, e a Estação de Kehl, na Alemanha, assegurada pelo novo transporte elétrico de passageiros Citadis, uma parceria entre o departamento de Design & Styling da Alstom e os designers do Peugeot Design Lab.

O estilo do novo elétrico Citadis é o resultado da associação do departamento de Design & Styling da Alstom com os profissionais do Peugeot Design Lab, tendo a Alstom já entregue 12 novos eléctricos Citadis à CTS (Compagnie des Transports Strasbourgeois), de um total de 22 encomendas ao abrigo de um acordo-quadro assinado no final de 2014. 9.000 internautas elegeram este projeto num concurso lançado pela CTS.

A identidade da terceira versão do elétrico de passageiros Citadis em Estrasburgo reflete a qualidade visual da cidade nos seus transportes. Este novo elétrico não só irá operar com as anteriores duas versões, que foram especialmente bem-sucedidas, como também irá marcar um salto geracional”, afirmou Xavier Allard, diretor do departamento de Design & Styling da Alstom Transport.

Os estilistas da Peugeot não desenham apenas automóveis. A entrada ao serviço dos novos elétricos Citadis demonstra a experiência do nosso estúdio de Global Brand Design em matéria de transportes públicos, ” refere Cathal Loughnane, Responsável do Peugeot Design Lab.

A entrada ao serviço deste primeiro elétrico transfronteiriço francês é um momento histórico: há mais de 72 anos que Estrasburgo, em França, e Kehl, na Alemanha, não estavam ligadas por um elétrico. Os novos elétricos servem as extensões das duas linhas existentes; prolongada até Kehl, a linha D facilita a vida de cerca de 20.000 habitantes de Estrasburgo que trabalham na Alemanha, enquanto a linha A serve a cidade de Illkirsch, a sul de Estrasburgo. A inauguração reuniu políticos franceses e alemães e foi assinalada por amplas festividades.